<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d17438737\x26blogName\x3dPensar+de+Alto\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://pensardealto.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://pensardealto.blogspot.com/\x26vt\x3d-2928701954602089090', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script><!-- --><div id="flagi" style="visibility:hidden; position:absolute;" onmouseover="showDrop()" onmouseout="hideDrop()"><div id="flagtop"></div><div id="top-filler"></div><div id="flagi-body">Notify Blogger about objectionable content.<br /><a href="http://help.blogger.com/bin/answer.py?answer=1200"> What does this mean? </a> </div></div><div id="b-navbar"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-logo" title="Go to Blogger.com"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/logobar.gif" alt="Blogger" width="80" height="24" /></a><form id="b-search" name="b-search" action="http://search.blogger.com/"><div id="b-more"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-getorpost"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_getblog.gif" alt="Get your own blog" width="112" height="15" /></a><a id="flagButton" style="display:none;" href="javascript:toggleFlag();" onmouseover="showDrop()" onmouseout="hideDrop()"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/flag.gif" name="flag" alt="Flag Blog" width="55" height="15" /></a><a href="http://www.blogger.com/redirect/next_blog.pyra?navBar=true" id="b-next"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_nextblog.gif" alt="Next blog" width="72" height="15" /></a></div><div id="b-this"><input type="text" id="b-query" name="as_q" /><input type="hidden" name="ie" value="UTF-8" /><input type="hidden" name="ui" value="blg" /><input type="hidden" name="bl_url" value="gatas-qb.blogspot.com" /><input type="image" src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_search_this.gif" alt="Search This Blog" id="b-searchbtn" title="Search this blog with Google Blog Search" onclick="document.forms['b-search'].bl_url.value='gatas-qb.blogspot.com'" /><input type="image" src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_search_all.gif" alt="Search All Blogs" value="Search" id="b-searchallbtn" title="Search all blogs with Google Blog Search" onclick="document.forms['b-search'].bl_url.value=''" /><a href="javascript:BlogThis();" id="b-blogthis">BlogThis!</a></div></form></div><script type="text/javascript"><!-- var ID = 6860457;var HATE_INTERSTITIAL_COOKIE_NAME = 'dismissedInterstitial';var FLAG_COOKIE_NAME = 'flaggedBlog';var FLAG_BLOG_URL = 'http://www.blogger.com/flag-blog.g?nav=3&toFlag=' + ID;var UNFLAG_BLOG_URL = 'http://www.blogger.com/unflag-blog.g?nav=3&toFlag=' + ID;var FLAG_IMAGE_URL = 'http://www.blogger.com/img/navbar/3/flag.gif';var UNFLAG_IMAGE_URL = 'http://www.blogger.com/img/navbar/3/unflag.gif';var ncHasFlagged = false;var servletTarget = new Image(); function BlogThis() {Q='';x=document;y=window;if(x.selection) {Q=x.selection.createRange().text;} else if (y.getSelection) { Q=y.getSelection();} else if (x.getSelection) { Q=x.getSelection();}popw = y.open('http://www.blogger.com/blog_this.pyra?t=' + escape(Q) + '&u=' + escape(location.href) + '&n=' + escape(document.title),'bloggerForm','scrollbars=no,width=475,height=300,top=175,left=75,status=yes,resizable=yes');void(0);} function blogspotInit() {initFlag();} function hasFlagged() {return getCookie(FLAG_COOKIE_NAME) || ncHasFlagged;} function toggleFlag() {var date = new Date();var id = 6860457;if (hasFlagged()) {removeCookie(FLAG_COOKIE_NAME);servletTarget.src = UNFLAG_BLOG_URL + '&d=' + date.getTime();document.images['flag'].src = FLAG_IMAGE_URL;ncHasFlagged = false;} else { setBlogspotCookie(FLAG_COOKIE_NAME, 'true');servletTarget.src = FLAG_BLOG_URL + '&d=' + date.getTime();document.images['flag'].src = UNFLAG_IMAGE_URL;ncHasFlagged = true;}} function initFlag() {document.getElementById('flagButton').style.display = 'inline';if (hasFlagged()) {document.images['flag'].src = UNFLAG_IMAGE_URL;} else {document.images['flag'].src = FLAG_IMAGE_URL;}} function showDrop() {if (!hasFlagged()) {document.getElementById('flagi').style.visibility = 'visible';}} function hideDrop() {document.getElementById('flagi').style.visibility = 'hidden';} function setBlogspotCookie(name, val) {var expire = new Date((new Date()).getTime() + 5 * 24 * 60 * 60 * 1000);var path = '/';setCookie(name, val, null, expire, path, null);} function removeCookie(name){var expire = new Date((new Date()).getTime() - 1000); setCookie(name,'',null,expire,'/',null);} --></script><script type="text/javascript"> blogspotInit();</script><div id="space-for-ie"></div>

terça-feira, novembro 15, 2005

O Sexo

Pouco tenho falado sobre sexo e temo que comecem a suspeitar que tenho alguma coisa contra tão sublime acto.
Julgo mesmo que as mentes mais perversas já dirão, em surdina, que eu não tenho sexo.
Pura mentira.Tenho e sou homem, com tudo o que isso implica quanto à sua definição.
E, no que me diz respeito, ter sexo é tão importante como almoçar ou jantar.Digo mesmo mais.Dispenso um almoço ou um jantar (e até os dois em conjunto) em troca de um bom momento de sexo.
Sinto que, por esta altura, já haverá quem pense que sou uma mente depravada que, como diria a mãe do Amigo Minete Real quando a ele se referia, não pode ver uma burra de saias (vidé o seu comment ao post A Confissão).
Desde já confesso que isso não é verdade. Qualquer burra de saias passa por mim impunemente e outrotanto digo das burras que saias não usam.Podem passar até bem junto a mim que isso, por si só, não me faz pensar no assunto.
Claro que, perante a visão de uma burra mais atraente, sou capaz de olhar e apreciar a sua beleza e mesmo a atracção que de si emana, mas daí a querer ter sexo com ela vai uma grande distância.Olho apenas porque a visão do belo é sempre apelativa.Olho da mesma forma que o o faço quando aprecio um quadro ou uma paisagem....gosto do quadro, gosto da paisagem, mas não me ocorre ter sexo com um ou outra.
Admito, no entanto, que no que à burra diz respeito, um visual agradável é sempre um bom cartão de visita, mas isso, por si só, não me leva a com ela querer ter sexo.
Para mim ter sexo com alguém é muito mais do que isso e não se resume à junção de dois corpos, que entre si trocam carícias e se entregam um ao outro.
Não, ter sexo, na forma como eu concebo como ideal é muito mais do que isso.É um acto de desejo não apenas de corpos mas também resultante de uma comunhão de pensamentos, ideias e cumplicidades. O corpo é importante, concedo, mas não o vejo como o elemento determinante.Ajuda muito, mas se não houver mais do que isso, até que se faz sexo, mas não é a mesma coisa.E eu, podendo comer o lombo, não me fico pelo chupar de ossos.
Falo, claro, do sexo que prefiro e não do que sempre pratico.
Sei que, por esta altura, estarão a pensar que eu penso que o sexo ideal só é bom entre pessoas que têm um qualquer vínculo ou relacionamento mais ou menos duradouro.Puro engano.
Acho mesmo que o sexo tende a acontecer e a ser cada vez mais frequente entre pessoas que não têm qualquer vínculo, acontecendo mesmo para além de um qualquer outro relacionamento existente.
Isto porque acho que o conceito de fidelidade no relacionamento sexual está em decadência e não durará mais do que uma geração a esbater-se e mesmo a desaparecer.
Por muito que custe admitir, trata-se um um conceito que sempre visou o comportamento sexual da mulher e nunca do homem.E, pior do que tudo isso, sempre foi uma manifestação de posse do homem, para além de redutor no que ao sexo diz respeito, para as mulheres, sobretudo, embora esse seu aspecto não fosse tão evidente em sociedades arcaicas e fechadas onde o conhecimento do mundo e de terceiros dificilmente chegava.
Hoje é fácil conhecer pessoas que connosco se identificam e que nos apetecem.Há uns anos atrás só se conhecia melhor um homem (no caso da mulher) num universo de 10 ou 20 na aldeia em que vivia.As opções eram limitadas e encontrar um com que se identificasse minimamente já era bom.E anos antes mulher que namorasse com um homem e não casasse com ele já não casava com outro.
E tudo isto a coberto da moral vigente que, forçosamente, se adapta aos tempos modernos, mas sempre a um ritmo mais lento que eles, infelizmente.
Por tudo isso entendo que o universo das relações sexuais entre as pessoas tende a alargar-se e a que cada vez seja mais frequente procurar mais do que o corpo que nos apetece...seremos cada vez mais selectivos porque queremos sempre que aconteça o melhor, isto é, ter o melhor sexo possível.
Será que tenho razão? Esperemos, então,10 ou 15 anos e depois se verá.
E até lá, enquanto esperam, os que quiserem esperar, tenham muito sexo e o melhor possível.
E comam o lombo ou chupem os ossos que é tudo bom.

10 Comments:
Anonymous Anónimo said...

First!

Vou terminar de ler e já volto!

11/16/2005 12:18 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Mais um texto que começa de forma brincalhona, para terminar no seu verdadeiro intento - assunto sério. :-)
Por isso gosto de ler o que escreves - a forma de falar seriamente entre frases brincalhonas.
Nao me quero alongar, mas compreendo perfeitamente a selecção das burras - ou melhor, das não-burras - deixando as burras em estado de apreciação simplesmente. Isto quando são burras dignas de serem comparadas a um bibelô. Efeito decorativo, mas não mexer muito senão estraga tudo.
Agora, será mesmo que se dá primazia à não-burrice em vez do sexo - em número?
Por vezes, quero pensar que assim é, mas a realidade vai demonstrando o oposto.
Eu prefiro a selecção natural do que não é burro - os de 2 patas, porque os outros são animais em vias de extinção, ao contrário desta espécie que conosco coabita.
Ah e tal... epronto, já terminei, para não abusar do teu tempo!

Beijo doce - a special one

11/16/2005 12:28 da manhã  
Anonymous Manefta said...

entao eu digo second ó sutra e first a ler e comentar o lido... e mai nada. Carlos ora nem mais, eu digo sempre q o mal de mta gente é falta de sexo e é sempre verdade, lombo ou ossos o q interessa é dar uso ao equipamento lolol Se é com alguem interesante , melhor ainda, se não é... não foi pronto, ninguem morre loll portanto migo desejo-te mto lombo, com ou sem osso. Bejitosss

11/16/2005 12:31 da manhã  
Blogger AnAni said...

Para quê o algodão, quando se pode ter seda? É o que dás tu a entender no início.
Depois voltas ao algodão (e porque não, se é macio), para procurar, e sempre, a seda....
Sempre se pode ficar pelo chocolate, no entretanto.
Não ligues. É que fazes-me reflectir e ficar a reflectir. No meio tempo tenho que te dizer alguma coisa.
E sou a 2ª! :-)
Já tens uma legião de fãs que não se vai deitar antes de te vir ler! E hás-de ser dos poucos blogues com maioria de comentários femininos :-)

11/16/2005 12:31 da manhã  
Anonymous Manefta, fofa e linda lol said...

Porra ó sutra n se faz lololl podias ter esperado um bocadinho lololl

11/16/2005 12:33 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Amigo CArlos, que belo post. Antes de mais , e ao poderia deixar passar a oportunidade para agradecer a referencia á minha maezinha e ao meu cometario ao post :)
Pois é, mas eu ultimamente afastei os meus olhos das Burras de saias. Ja nao dá pica. Agora passei para as burras que andam de Cinto, ou como dizem os chineses, e bem, a chamada VIT UKU.
Quanto ao sexo, lamento naopoder-me pronunciar, mas como sou tao religioso,e rezo mto ( ate pq la diz o ditado..ajoelhou..vai ter que rezar), a concordata nao mo permite. embora possa confidenciar, que em relaçao ao sexo, estou como dizia akele individuo que entra no tasco e o taberneiro pergunta : " Branco ou tinto? " e ele retorquiu " MUITO!!!"

Lol

Um abraço

11/16/2005 12:38 da manhã  
Blogger Borboleta said...

Bom bom é quando temperamos o lombo (leia-se descoberta e ulterior cumplicidade), o cozinhamos no forno acompanhado das batatinhas (leia-se bebericar um bom vinho acompanhado de jogos de sedução)e o saboreamos (leia-se horas de puro prazer carnal... óptimo sexo). Quando o lombo é comido num restaurante (leia-se....), melhor ainda.

11/16/2005 11:46 da manhã  
Anonymous BReal said...

Para quem aprecia o bom e anda sempre à procura do melhor; para os que se encontram através do pensamento e do corpo; para os que conseguem ver o Belo; para os que vivem com arte, nada melhor que Sexo, porque é a unica prática que praticada com criartividade e rigor, obriga a usar todos os orgãos do nosso corpo e, quanto ao estômago, se lhe dermos carne do lombo.... ele agradece... (e eu também!) Venham os lombos, as lavagantes e todas as iguarias existentes neste Mundo... (apetite tenho, não sei é se tenho estômago para as comer e, a isso, chama-se mais olhos que barriga)

11/16/2005 4:05 da tarde  
Anonymous cris said...

..." O escritor suaviza o caracter de seus devaneios egoistas por meio de alteraçoes e disfarces, e nos suborna com o prazer puramente formal,isto e,estetico, que nos oferece na apresentaçao das suas fantasias."...
Freud


As tuas palavras sao tao explicitas q se tornam verdadeiros devaneios para quem esta avido de ilusao...
Mas e so uma opiniao.
:)

11/16/2005 4:52 da tarde  
Blogger Carlos said...

Sutra
Que bom ver-te correr para me vires ler....e saber que pensas como eu tb.
Beijo

Manefta
Tens toda a razão em tudo o que dizes...seja o que for seja muito que sabe sempre bem.
Beijo

Anani
A questão do sexo e da moralidade vigente é sempre complexa e deixa muitas dúvidas....mas o sexo sem constrangimentos é sempre bom e há umas vezes em que é melhor que outras...
Quanto aos comentários femininos, acredites ou não, tb eu estou surpreendido, mas lá que gosto muito....
Beijo

Manefta, fofa e linda
Não se zanguem meninas...isso é o post....olhem eu aqui sossegadinho.
Beijo

Amigo Minete
É sempre bom saber que gostaste.Desconhecia que as tuas convicções religiosas te tinham conduzido aos limites da lingua, mas acho que não ficas em nada prejudicado.Muito, claro,e sempre que possível.
Um Abraço, Amigo

Leve Borboleta que Assanhada és
Esse lombo cuja receita aqui revelas deve ser sublime....até fiquei com água na boca....lol
Beijo

BReal
Iguarias gosto sempre.Mais olhos que barriga não tenho, mas também como pouco.
Beijo

Cris
O freud morreu sem ter estabelecido uma relação amistosa comigo...admito que foi por não me conhecer ou mesmo pq o meu caso nunca lhe foi apresentado.
Quanto ao resto, apenas te digo que desde que saiba bem e seja o que queremos transformar ilusões em realidades é óptimo.
Beijo

11/16/2005 11:05 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home