<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d17438737\x26blogName\x3dPensar+de+Alto\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://pensardealto.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://pensardealto.blogspot.com/\x26vt\x3d-2928701954602089090', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script><!-- --><div id="flagi" style="visibility:hidden; position:absolute;" onmouseover="showDrop()" onmouseout="hideDrop()"><div id="flagtop"></div><div id="top-filler"></div><div id="flagi-body">Notify Blogger about objectionable content.<br /><a href="http://help.blogger.com/bin/answer.py?answer=1200"> What does this mean? </a> </div></div><div id="b-navbar"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-logo" title="Go to Blogger.com"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/logobar.gif" alt="Blogger" width="80" height="24" /></a><form id="b-search" name="b-search" action="http://search.blogger.com/"><div id="b-more"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-getorpost"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_getblog.gif" alt="Get your own blog" width="112" height="15" /></a><a id="flagButton" style="display:none;" href="javascript:toggleFlag();" onmouseover="showDrop()" onmouseout="hideDrop()"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/flag.gif" name="flag" alt="Flag Blog" width="55" height="15" /></a><a href="http://www.blogger.com/redirect/next_blog.pyra?navBar=true" id="b-next"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_nextblog.gif" alt="Next blog" width="72" height="15" /></a></div><div id="b-this"><input type="text" id="b-query" name="as_q" /><input type="hidden" name="ie" value="UTF-8" /><input type="hidden" name="ui" value="blg" /><input type="hidden" name="bl_url" value="gatas-qb.blogspot.com" /><input type="image" src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_search_this.gif" alt="Search This Blog" id="b-searchbtn" title="Search this blog with Google Blog Search" onclick="document.forms['b-search'].bl_url.value='gatas-qb.blogspot.com'" /><input type="image" src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_search_all.gif" alt="Search All Blogs" value="Search" id="b-searchallbtn" title="Search all blogs with Google Blog Search" onclick="document.forms['b-search'].bl_url.value=''" /><a href="javascript:BlogThis();" id="b-blogthis">BlogThis!</a></div></form></div><script type="text/javascript"><!-- var ID = 6860457;var HATE_INTERSTITIAL_COOKIE_NAME = 'dismissedInterstitial';var FLAG_COOKIE_NAME = 'flaggedBlog';var FLAG_BLOG_URL = 'http://www.blogger.com/flag-blog.g?nav=3&toFlag=' + ID;var UNFLAG_BLOG_URL = 'http://www.blogger.com/unflag-blog.g?nav=3&toFlag=' + ID;var FLAG_IMAGE_URL = 'http://www.blogger.com/img/navbar/3/flag.gif';var UNFLAG_IMAGE_URL = 'http://www.blogger.com/img/navbar/3/unflag.gif';var ncHasFlagged = false;var servletTarget = new Image(); function BlogThis() {Q='';x=document;y=window;if(x.selection) {Q=x.selection.createRange().text;} else if (y.getSelection) { Q=y.getSelection();} else if (x.getSelection) { Q=x.getSelection();}popw = y.open('http://www.blogger.com/blog_this.pyra?t=' + escape(Q) + '&u=' + escape(location.href) + '&n=' + escape(document.title),'bloggerForm','scrollbars=no,width=475,height=300,top=175,left=75,status=yes,resizable=yes');void(0);} function blogspotInit() {initFlag();} function hasFlagged() {return getCookie(FLAG_COOKIE_NAME) || ncHasFlagged;} function toggleFlag() {var date = new Date();var id = 6860457;if (hasFlagged()) {removeCookie(FLAG_COOKIE_NAME);servletTarget.src = UNFLAG_BLOG_URL + '&d=' + date.getTime();document.images['flag'].src = FLAG_IMAGE_URL;ncHasFlagged = false;} else { setBlogspotCookie(FLAG_COOKIE_NAME, 'true');servletTarget.src = FLAG_BLOG_URL + '&d=' + date.getTime();document.images['flag'].src = UNFLAG_IMAGE_URL;ncHasFlagged = true;}} function initFlag() {document.getElementById('flagButton').style.display = 'inline';if (hasFlagged()) {document.images['flag'].src = UNFLAG_IMAGE_URL;} else {document.images['flag'].src = FLAG_IMAGE_URL;}} function showDrop() {if (!hasFlagged()) {document.getElementById('flagi').style.visibility = 'visible';}} function hideDrop() {document.getElementById('flagi').style.visibility = 'hidden';} function setBlogspotCookie(name, val) {var expire = new Date((new Date()).getTime() + 5 * 24 * 60 * 60 * 1000);var path = '/';setCookie(name, val, null, expire, path, null);} function removeCookie(name){var expire = new Date((new Date()).getTime() - 1000); setCookie(name,'',null,expire,'/',null);} --></script><script type="text/javascript"> blogspotInit();</script><div id="space-for-ie"></div>

quarta-feira, dezembro 21, 2005

A Culpa é do Sexo

Hoje dei por mim a pensar que a causa de todos os males é o sexo.
Ou melhor, a falta dele.
Este pensamento que de quando em vez me assalta, acaba de se tranformar em dogma para mim, tal foi a intensidade com que hoje se manifestou. Não o sexo, mas o pensamento.
O sexo é a causa de tudo e não há mais discussão.
Senão vejamos.
Na origem do ser humano, pese embora a questão de adão e eva que, como todos sabemos, tiveram por génese outra coisa qualquer, está sempre o sexo entre um homem e uma mulher.
Ora se está na origem, tem de estar em tudo, porque quem começa acaba ou como diz o povo na sua consagrada sabedoria, quem come a carne que lhe chupe os ossos. E este provérbio já é, de si mesmo, muito erótico, mas adiante.
Nasce a criancinha, produto do tal acto sexual entre o homem e a mulher, e a primeira coisa que se faz é dar-lhe mimos, carícias, de mamar, ajudá-lo a crescer e por aí fora. Tudo acções que podem ser consideradas como práticas sexuais, o que, estou certo, ninguém contestará.
Quando a criança passa a adolescente, a primeira coisa que lhe ocorre é a atracção pelo sexo oposto, o dar a mão, o primeiro beijo, o descobrir as diferenças do corpo humano, o perceber a forma de lidar com elas, tudo preliminares do sexo, ou já sexo mesmo.
Chega a adulto e, na sequência de uma educação só virada para o sexo, passa a orientar toda a sua vida em função disso mesmo.
Olha para o colega de trabalho e só pensa na maneira de o entalar. Se calha a ser parceira isso ainda lhe ocorre com maior insistência. Quando o superior hierárquico lhe passa ao alcance da vista só lhe ocorre cobiçar o assento e quando da entidade patronal se trata, aí só pensa em rebentar com ela.
Tudo resquícios de uma educação só virada para o sexo porque foi esse que lhe deu origem.
Ora, passando as pessoas os dias numa actividade sexual tão intensa, chegam a casa cansadas, esgotadas mesmo, de tanto sexo durante o dia.Por isso só lhes apetece meter uma "bucha" - veja-se que até na alimentação o sexo existe - e vão logo para a cama retemperar forças. Aí sem sexo, claro.
Ora quando assim é, as pessoas começam a sentir-se frustradas, deprimidas, porque nunca têm o gozo pleno, ficam-se sempre pelos preliminares que, apesar de bons, sabem sempre a pouco.
Daí que comecem a produzir menos, com as consequências óbvias para a economia e para todos nós.
Eu tenho para mim que se o culpado é o sexo, como acabo de demonstrar, também será o sexo a solução. Com benefícios para todos.
Penso mesmo propor à Assembleia da República que se debruce sobre o tema, estando eu disponível para colaborar com os deputados - hummmm - da Nação.
Entendo eu que bastaria uma pequena alteração dos factores para resolver tão bicudo -hummmmm- problema.
Se as pessoas não passassem o dia em processos de intenções sexuais e o fizessem quando é suposto fazerem, a frustração e as consequentes depressões desapareceriam. A produtividade aumentaria, a economia melhoraria e nós ficaríamos melhor a todos os níveis. Até no sexual.
No fundo tudo se resume a falar menos e a fazer mais.
Sexo, claro.
10 Comments:
Blogger Sol said...

A pensar em sexo???
E eu a pensar q estavas deprimido!!! Consoada com a própria sombra, rádios ligados... mt sinceramente acho q andas a pensar naquele encontro com a desconhecida... Espero q essa história tenha continuidade!!!
EHEH...
E sem dúvida a culpa é do sexo, q bom q assim seja!

BEIJOO ;)

12/21/2005 7:49 da tarde  
Anonymous Breal said...

eheheheeh. As coisa vista por esse prisma é mesmo sexual e chego à conclusão que dispenso os preliminares, o que gosto mesmo é do sexo! Sexo e dinheiro são as duas coisas que mais fazem mover multidões e é muito desagradável viver sem elas.

12/22/2005 12:58 da manhã  
Blogger Giorgia said...

Ora ai esta um raciocinio magnifico, nao digo isto por ja o ter feito e chegado a mesmissima conlusao que tu, digo-o, porque efectivamente o sexo e o ponto de partida e o ponto de chegada de tudo na nossa vida... eu por mim vou nessa de apresentar uma proposta a AR... com tanto deputado que passa o dia a pensar em sexo e a ***** a naçao, o melhor mesmo e concretizar a coisa e dar-lhes pelo menos algo que os canse!

12/22/2005 1:17 da manhã  
Blogger AnAni said...

Porque é que achas que tenho um blogue sobre tal tema? Porque me farto de pensar no dito! :-)
Por isso, também penso de alto e assino por baixo. Deixas? :-)

12/22/2005 1:26 da manhã  
Anonymous LolaViola said...

Eu acho mesmo que todos os trabalhadores deveriam ter um horário mais flexível de trabalho para terem tempo para o sexo, pleo menos uma ou duas horas por dia, consoante a sua produtividade. Viva o pacote laboral com menos horas de trabalho e mais horas de sexo.Sereemos um país mais produtivo e feliz :-)

12/22/2005 8:51 da manhã  
Blogger Borboleta said...

Ainda ontem de manhã na pausa "kit-kat" com os meus colegas, comentávamos o que a falta de sexo provoca no ser humano. Concluimos que a mais latente era o mau humor...e há tanta gente mal "alimentada"!!!!!

Assino tudinho o que contribua para o aumento da produtividade :))

12/22/2005 9:40 da manhã  
Blogger UrSinho said...

eheheh os nossos politicos é que ainda não se lembraram de decretar sexo livre para todos de modo a aumentar a produtividade... Aproveitamos para te desejar um Feliz Natal e que o ano de 2006 te traga tudo aquilo que desejas. Beijinhos dos Ursinhos

12/22/2005 10:14 da manhã  
Blogger Amanda said...

No fundo, as últimas palavras fazem um resumo fenomenal!!! Hummmm...

12/22/2005 4:41 da tarde  
Blogger Vivian said...

Eu assino em baixo. E a borboleta não podia estar mais certa...Agora percebo de onde vem o meu péssimo humor!

12/26/2005 9:56 da manhã  
Blogger Carlos said...

Sol
O sexo tem tudo a ver...e a fazer...
Beijos

Breal
Eu não sou contra os preliminares....lol....sou é contra a falta de sexo.Faz-me mal.
Beijos

Giorgia
Se estás de acordo só nos falta preparar o diploma legal que eles assinam de cruz...fazes tu, faço eu ou fazemos os dois?
Beijos

Anani
Deixo sim e é para mim uma honra.
Beijos

Lolaviola
O diploma legal vai contemplar essa questão do horário com dispensa para queca urgente e inadiável...
Beijos

Borboleta Assanhada
Nós vamos mandar-te o abaixo-assinado que acompanha e justifica a iniciativa legislativa que vamos ter. Penso mesmo citar-te aquando da apresentação do diploma a discussão.
Beijos

Ursinho
Não se lembram eles, mas nós vamos lembrá-los.
Um feliz Natal para vcs.
Beijos e Abraços

Amanda
Por acaso também gosto e tem a vantagem de se aplicar a tudo, mas sobretudo ao sexo.
Beijos

Marta
Também te vamos citar e se o teu péssimo amor vem daí, segue o meu conselho e trata disso depressa que, sendo como és assim, imagino (ou não) o que serás com bom humor.
Beijos

12/26/2005 9:01 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home