<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d17438737\x26blogName\x3dPensar+de+Alto\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://pensardealto.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://pensardealto.blogspot.com/\x26vt\x3d3723253789723581049', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script><!-- --><div id="flagi" style="visibility:hidden; position:absolute;" onmouseover="showDrop()" onmouseout="hideDrop()"><div id="flagtop"></div><div id="top-filler"></div><div id="flagi-body">Notify Blogger about objectionable content.<br /><a href="http://help.blogger.com/bin/answer.py?answer=1200"> What does this mean? </a> </div></div><div id="b-navbar"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-logo" title="Go to Blogger.com"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/logobar.gif" alt="Blogger" width="80" height="24" /></a><form id="b-search" name="b-search" action="http://search.blogger.com/"><div id="b-more"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-getorpost"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_getblog.gif" alt="Get your own blog" width="112" height="15" /></a><a id="flagButton" style="display:none;" href="javascript:toggleFlag();" onmouseover="showDrop()" onmouseout="hideDrop()"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/flag.gif" name="flag" alt="Flag Blog" width="55" height="15" /></a><a href="http://www.blogger.com/redirect/next_blog.pyra?navBar=true" id="b-next"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_nextblog.gif" alt="Next blog" width="72" height="15" /></a></div><div id="b-this"><input type="text" id="b-query" name="as_q" /><input type="hidden" name="ie" value="UTF-8" /><input type="hidden" name="ui" value="blg" /><input type="hidden" name="bl_url" value="gatas-qb.blogspot.com" /><input type="image" src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_search_this.gif" alt="Search This Blog" id="b-searchbtn" title="Search this blog with Google Blog Search" onclick="document.forms['b-search'].bl_url.value='gatas-qb.blogspot.com'" /><input type="image" src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_search_all.gif" alt="Search All Blogs" value="Search" id="b-searchallbtn" title="Search all blogs with Google Blog Search" onclick="document.forms['b-search'].bl_url.value=''" /><a href="javascript:BlogThis();" id="b-blogthis">BlogThis!</a></div></form></div><script type="text/javascript"><!-- var ID = 6860457;var HATE_INTERSTITIAL_COOKIE_NAME = 'dismissedInterstitial';var FLAG_COOKIE_NAME = 'flaggedBlog';var FLAG_BLOG_URL = 'http://www.blogger.com/flag-blog.g?nav=3&toFlag=' + ID;var UNFLAG_BLOG_URL = 'http://www.blogger.com/unflag-blog.g?nav=3&toFlag=' + ID;var FLAG_IMAGE_URL = 'http://www.blogger.com/img/navbar/3/flag.gif';var UNFLAG_IMAGE_URL = 'http://www.blogger.com/img/navbar/3/unflag.gif';var ncHasFlagged = false;var servletTarget = new Image(); function BlogThis() {Q='';x=document;y=window;if(x.selection) {Q=x.selection.createRange().text;} else if (y.getSelection) { Q=y.getSelection();} else if (x.getSelection) { Q=x.getSelection();}popw = y.open('http://www.blogger.com/blog_this.pyra?t=' + escape(Q) + '&u=' + escape(location.href) + '&n=' + escape(document.title),'bloggerForm','scrollbars=no,width=475,height=300,top=175,left=75,status=yes,resizable=yes');void(0);} function blogspotInit() {initFlag();} function hasFlagged() {return getCookie(FLAG_COOKIE_NAME) || ncHasFlagged;} function toggleFlag() {var date = new Date();var id = 6860457;if (hasFlagged()) {removeCookie(FLAG_COOKIE_NAME);servletTarget.src = UNFLAG_BLOG_URL + '&d=' + date.getTime();document.images['flag'].src = FLAG_IMAGE_URL;ncHasFlagged = false;} else { setBlogspotCookie(FLAG_COOKIE_NAME, 'true');servletTarget.src = FLAG_BLOG_URL + '&d=' + date.getTime();document.images['flag'].src = UNFLAG_IMAGE_URL;ncHasFlagged = true;}} function initFlag() {document.getElementById('flagButton').style.display = 'inline';if (hasFlagged()) {document.images['flag'].src = UNFLAG_IMAGE_URL;} else {document.images['flag'].src = FLAG_IMAGE_URL;}} function showDrop() {if (!hasFlagged()) {document.getElementById('flagi').style.visibility = 'visible';}} function hideDrop() {document.getElementById('flagi').style.visibility = 'hidden';} function setBlogspotCookie(name, val) {var expire = new Date((new Date()).getTime() + 5 * 24 * 60 * 60 * 1000);var path = '/';setCookie(name, val, null, expire, path, null);} function removeCookie(name){var expire = new Date((new Date()).getTime() - 1000); setCookie(name,'',null,expire,'/',null);} --></script><script type="text/javascript"> blogspotInit();</script><div id="space-for-ie"></div>

terça-feira, dezembro 20, 2005

A Noite de Consoada

Admito que quem me lê, imbuído do espírito natalício, quando passa os olhos de raspão por estes meus devaneios de mente pequena, se interrogue, por mera curiosidade, sobre a forma como eu, vivendo só, passarei a Consoada.
Pois bem, aqui estou eu para, em antecipação, vos dar conta do que será a essa minha noite, sendo certo que não deverão inferir daquilo que vos vou dar a conhecer, que essa é a forma como passa tal noite um homem que vive só.
Não o façam por muitos e bons motivos, mas sobretudo porque uma noite minha é sempre diferente. Reparem que disse minha e não comigo, porque nessa matéria nem me pronuncio, que o pudor e a réstea de bom senso que por cá ficou a tanto me obrigam.
Feito o aviso, passemos à noite de Consoada.
De há uns anos a esta parte tenho por norma comprar já tudo feito, recorrendo aos prestimosos serviços de um "pronto-a-comer" qualquer, o que se tem vindo a revelar pouco gratificante, porque, invariavelmente, acabo aborrecido por estar a comer algo requentado, por ter comprado comida a mais e porque, ainda por cima, vou ter de andar dois ou três dias a comer aquela bodega.
Para ajudar à festa, tento distrair-me em frente da televisão, que, normalmente, apresenta em todos os canais filmes sobre o Natal, que já vejo desde os anos 60, o que, como é bom de ver, estraga o resto da noite.
Este ano vai haver uma inovação.
Não compro nada feito e vou eu tratar da minha refeição de véspera de Natal.
Vou ao hipermercado amanhã, para evitar as filas de última hora, e compro uns camarões. Aproveito e compro também duas postas de bacalhau, que batatas e azeite ainda tenho cá em casa.
Compro um bom lombo de porco, que como já viram em post anterior cozinho de forma ímpar, o que me leva a dispensar o leitão e o perú, que não quero bêbadados cá em casa.
A doçaria, essa compro, embora nada de de fritos que os sonhos tenho eu.
Chegado o dia, ponho mesa para dois, tantos quantos as postas de bacalhau, que noite de Consoada nunca a passo sózinha.
Isto é, passo e não passo.
Trato de tudo como se fosse para duas pessoas e, chegada a hora da refeição, sirvo os dois pratos e vou falando de mim para mim, frente a frente na mesa e de velas acesas, num intenso diálogo que a vós parecerá um exercício de "non sense", mas que a mim me sabe muito bem, pois que é das poucas vezes que passo a noite com alguém que me acha graça.
Comemos os dois, bebemos um bom vinho e vamos saborear o café para a sala, os dois, claro, que nenhum de nós vai lavar a loiça nesse dia.
Ponho uma boa música e ou troco mais umas palavras comigo ou faço uma pausa na conversa para meditar, não sobre alguma em especial, mas sobre nada, porque é coisa que me agrada muito. Pode ser que aí também me apeteça sonhar acordado, o que também é delicioso ao som de uma boa música.
Com o tempo que demora a cozinhar os camarões, as duas postas de bacalhau, as batatas, a cear e a tomar o café, admito que, no pressuposto que tudo se iniciará por volta das 18h30, começarei a meditar ou a sonhar acordado já perto das 2 horas da manhã, não tanto pelo tempo que passo na cozinha, que será muito, mas mais pelo tempo que passo a conversar comigo.
Ora às 2 horas da manhã, começar a meditar ou a sonhar, é coisa que me puxa o sono, pelo que às 3 horas já estarei na cama, depois de um serão bem passado.
Agora que sabem, peço que não contem a ninguém, porque consta que há vagas no Júlio de Matos.
Mas acreditem que eu passo uma óptima noite de Consoada.
7 Comments:
Anonymous LolaViola said...

Como se prova que estar só não é igual a ter solidão. Gosto do teu natal.
Do meu, tento fazer a festa por fora...
E não costumo escrever sobre o natal. Por isso não irei por nada nos meus blogues sobre o assunto.
Mas ofereço-te o meu poema preferido sobre esta quadra, do poeta Ary dos Santos. É bom dar prendas assim.. nunca se esgotam e não se podem trocar.

Tu que dormes a noite na calçada de relento
Numa cama de chuva com lençóis feitos de vento
Tu que tens o Natal da solidão, do sofrimento
És meu irmão amigo
És meu irmão

E tu que dormes só no pesadelo do ciúme
Numa cama de raiva com lençóis feitros de lume
E sofres o Natal da solidão sem um queixume
És meu irmão amigo
És meu irmão

Natal é em Dezembro
Mas em Maio pode ser
Natal é em Setembro
É quando um homem quiser
Natal é quando nasce uma vida a amanhecer
Natal é sempre o fruto que há no ventre da Mulher

Tu que inventas ternura e brinquedos para dar
Tu que inventas bonecas e combóios de luar
E mentes ao teu filho por não os poderes comprar
És meu irmão amigo
És meu irmão

E tu que vês na montra a tua fome que eu não sei
Fatias de tristeza em cada alegre bolo-rei
Pões um sabor amargo em cada doce que eu comprei
És meu irmão amigo
És meu irmão

Natal é em Dezembro
Mas em Maio pode ser
Natal é em Setembro
É quando um homem quiser
Natal é quando nasce uma vida a amanhecer
Natal é sempre o fruto que há no ventre da Mulher

12/20/2005 8:55 da tarde  
Anonymous Breal said...

Digamos que terás uma noite Santa! E hoje não vou deixar um beijo, mas um embrulho citilante, com um grande laço de ternura, para abrires na tua noite santa.

12/21/2005 12:15 da manhã  
Blogger AnAni said...

Carlos
Não acredito que passes o Natal sozinho. Se é assim, há-de ser porque o queres assim. E se for assim, há-de ser bom porque quando nós somos boa companhia para nós, não há solidão que nos ataque.
Um beijo grande

12/21/2005 8:38 da manhã  
Blogger Sol said...

:( !!!!!!!!!!!!!!
:( :( :( !!!!!!!!!!!!!!

Não consigo dizer nada....

Um beijo para ti e outro para ti.

12/21/2005 10:46 da manhã  
Blogger Tiago_e_Sofia said...

Porquê a escolha do passar sozinho, alías,de contigo próprio????
beijo grande

12/21/2005 4:59 da tarde  
Blogger anjoedemonio said...

Muito obrigada pela visita!
Um bjo

12/21/2005 5:41 da tarde  
Blogger Carlos said...

Asseguro-vos que passei uma noite de Consoada óptima e só espero que a vossa tenha sido, no mínimo, tão boa como a minha.
Beijos a todas.

12/26/2005 8:48 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home