<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d17438737\x26blogName\x3dPensar+de+Alto\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://pensardealto.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://pensardealto.blogspot.com/\x26vt\x3d-2928701954602089090', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script><!-- --><div id="flagi" style="visibility:hidden; position:absolute;" onmouseover="showDrop()" onmouseout="hideDrop()"><div id="flagtop"></div><div id="top-filler"></div><div id="flagi-body">Notify Blogger about objectionable content.<br /><a href="http://help.blogger.com/bin/answer.py?answer=1200"> What does this mean? </a> </div></div><div id="b-navbar"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-logo" title="Go to Blogger.com"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/logobar.gif" alt="Blogger" width="80" height="24" /></a><form id="b-search" name="b-search" action="http://search.blogger.com/"><div id="b-more"><a href="http://www.blogger.com/" id="b-getorpost"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_getblog.gif" alt="Get your own blog" width="112" height="15" /></a><a id="flagButton" style="display:none;" href="javascript:toggleFlag();" onmouseover="showDrop()" onmouseout="hideDrop()"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/flag.gif" name="flag" alt="Flag Blog" width="55" height="15" /></a><a href="http://www.blogger.com/redirect/next_blog.pyra?navBar=true" id="b-next"><img src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_nextblog.gif" alt="Next blog" width="72" height="15" /></a></div><div id="b-this"><input type="text" id="b-query" name="as_q" /><input type="hidden" name="ie" value="UTF-8" /><input type="hidden" name="ui" value="blg" /><input type="hidden" name="bl_url" value="gatas-qb.blogspot.com" /><input type="image" src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_search_this.gif" alt="Search This Blog" id="b-searchbtn" title="Search this blog with Google Blog Search" onclick="document.forms['b-search'].bl_url.value='gatas-qb.blogspot.com'" /><input type="image" src="http://www.blogger.com/img/navbar/3/btn_search_all.gif" alt="Search All Blogs" value="Search" id="b-searchallbtn" title="Search all blogs with Google Blog Search" onclick="document.forms['b-search'].bl_url.value=''" /><a href="javascript:BlogThis();" id="b-blogthis">BlogThis!</a></div></form></div><script type="text/javascript"><!-- var ID = 6860457;var HATE_INTERSTITIAL_COOKIE_NAME = 'dismissedInterstitial';var FLAG_COOKIE_NAME = 'flaggedBlog';var FLAG_BLOG_URL = 'http://www.blogger.com/flag-blog.g?nav=3&toFlag=' + ID;var UNFLAG_BLOG_URL = 'http://www.blogger.com/unflag-blog.g?nav=3&toFlag=' + ID;var FLAG_IMAGE_URL = 'http://www.blogger.com/img/navbar/3/flag.gif';var UNFLAG_IMAGE_URL = 'http://www.blogger.com/img/navbar/3/unflag.gif';var ncHasFlagged = false;var servletTarget = new Image(); function BlogThis() {Q='';x=document;y=window;if(x.selection) {Q=x.selection.createRange().text;} else if (y.getSelection) { Q=y.getSelection();} else if (x.getSelection) { Q=x.getSelection();}popw = y.open('http://www.blogger.com/blog_this.pyra?t=' + escape(Q) + '&u=' + escape(location.href) + '&n=' + escape(document.title),'bloggerForm','scrollbars=no,width=475,height=300,top=175,left=75,status=yes,resizable=yes');void(0);} function blogspotInit() {initFlag();} function hasFlagged() {return getCookie(FLAG_COOKIE_NAME) || ncHasFlagged;} function toggleFlag() {var date = new Date();var id = 6860457;if (hasFlagged()) {removeCookie(FLAG_COOKIE_NAME);servletTarget.src = UNFLAG_BLOG_URL + '&d=' + date.getTime();document.images['flag'].src = FLAG_IMAGE_URL;ncHasFlagged = false;} else { setBlogspotCookie(FLAG_COOKIE_NAME, 'true');servletTarget.src = FLAG_BLOG_URL + '&d=' + date.getTime();document.images['flag'].src = UNFLAG_IMAGE_URL;ncHasFlagged = true;}} function initFlag() {document.getElementById('flagButton').style.display = 'inline';if (hasFlagged()) {document.images['flag'].src = UNFLAG_IMAGE_URL;} else {document.images['flag'].src = FLAG_IMAGE_URL;}} function showDrop() {if (!hasFlagged()) {document.getElementById('flagi').style.visibility = 'visible';}} function hideDrop() {document.getElementById('flagi').style.visibility = 'hidden';} function setBlogspotCookie(name, val) {var expire = new Date((new Date()).getTime() + 5 * 24 * 60 * 60 * 1000);var path = '/';setCookie(name, val, null, expire, path, null);} function removeCookie(name){var expire = new Date((new Date()).getTime() - 1000); setCookie(name,'',null,expire,'/',null);} --></script><script type="text/javascript"> blogspotInit();</script><div id="space-for-ie"></div>

quinta-feira, dezembro 22, 2005

O Natal das Mulheres

Hoje dei por mim a pensar que o Natal, na forma como está concebido, não é para todos.
E o pior de tudo é que, apesar de haver unanimidade quanto à inexistência do mesmo para os mais desfavorecidos, que são cada vez mais, ainda ninguém reparou nessa classe de pessoas a quem o Natal nunca abrange.
Refiro-me às mulheres.
A véspera de Natal e o próprio dia devem ser dos piores momentos do ano para as mulheres.
Nos quinze dias anteriores, nos dois dias de festejos e ainda nos dois seguintes, são elas que na maioria dos casos tudo têm de providenciar para que as festividades sejam um marco histórico na consagração da família.
Da compra dos presentes, à lide doméstica, dos "avios" no "super", à confecção das refeições, das limpezas antes às limpezas depois, há uma tal panóplia de tarefas que elas desempenham quase sempre em regime de exclusividade, que deixariam qualquer homem em estado de coma profundo ainda antes da véspera das comemorações.
Mas elas resistem e, apesar do cansaço acumulado com tudo e mais alguma coisa, são elas que conseguem dar a animação aos festejos nas datas em questão.
É espantoso.
Quando tudo acaba estão extenuadas, derreadas, sem força para um mero boa noite, mas levam a nau a bom porto.
Muitas vezes sem um agradecimento ou qualquer manifestação de reconhecimento.
Sim, porque a prenda que lhe é posta no sapatinho nunca é o que merecem, apesar do sorriso de felicidade que fazem aquando da abertura do respectivo embrulho.
De facto, as mulheres não têm direito ao Natal e no período em questão limtam-se a criar condições para que outros o festejem e fazem-no com uma generosidade tão única que até parece ser um dever.
E isto parece-me injusto. Mais injusto ainda porque ninguém repara.
Ora, eu que ando disponível para colaborar com as autoridades em prol da melhoria da qualidade de vida, vou propor a quem de direito que essas festividades passem a ser comemoradas pelas mulheres noutra data.
A ideia é que a elas seja concedido um período idêntico, dois dias, nos quais poderão fazer tudo o que melhor lhes aprouver, sem constrangimentos ou obrigações.
Incluindo o sexo, claro. Como, com e sempre que queiram, pelo menos nesses dois dias.
Livres de obrigações laborais, sociais, conjugais ou quaisquer outras.
Esse seria o seu Natal. O delas.
Os dias 27 e 28 de Dezembro parecem-me bem, mas deixo a questão dos dias para elas definirem.
13 Comments:
Anonymous Breal said...

Pois a mim parece-me uma excelente observação e uma magnífica ideia. Quanto aos melhores dias.... se for para comemorar da forma como o dizes... só me apetece pensar que "Natal deveria ser todos os dias!", "O Natal é quando o homem quiser".
Que tenhas o teu Natal quando quiseres mas, se possível todos os dias.
Beijos

12/22/2005 7:32 da tarde  
Blogger AnAni said...

As mulheres mas, principalmente, as mães... porque as filhas ainda vão é usufruindo...
Um tributo muito bonito e tens toda a razão.
Beijo

12/23/2005 12:28 da manhã  
Blogger Sol said...

Só mesmo tu para escreveres este texto, tens toda a razão...
Mulher realmente é algo insubstituivel deve ser por isso que me relaciono melhor com os homens...
Quanto a esses dias vou estar muito bem ocupada, e não tenho dúvidas que serão de pleno descanso... mental !!!!

BEIJOOOO

12/23/2005 12:34 da manhã  
Blogger Manefta said...

Carlos tank iu por este texto. Cá em casa de facto agradecem, e a prenda n é má no fim :d , mas paro mtas vezes a pensar qual é o objectivo. Como sabes este ano tou meia chateada c tudo e mais alguma coisa. Mas aposto q qd começar a ver o meu filho a abrir as prendas me vou sentir mto recompensada e o embirranço pelo natal vai passar . beijocas e bom natal

12/23/2005 1:42 da manhã  
Blogger Amanda said...

Cuidado com as ideias que andas a ter!!! Qualquer dia tens as mulheres todas a teus pés! ;) (qq dia me parece bem, que tal no verão?)

12/23/2005 10:02 da manhã  
Blogger Borboleta said...

Gostei! Gostei muito: de saber que somos reconhecidas pelo esforço, embora não me custe, nem me faça de vitima por fazer tudo o que quero nesta altura. Acho que se faz por gosto, se não, colo-me na casa de outra pessoa e não tenho eu o trabalho ;).
Permite-me que te pergunte se ajudas e divides tarefas ou se te ficas apenas pelo reconhecimento do esforço feminino?

12/23/2005 1:00 da tarde  
Blogger LUA said...

Carlos:
Este texto vem mesmo a calhar, aproveitei que tenho um bolo no forno para vir à net.....realmente estes últimos dias não me têm dado descanso!!! Mas não podia, de forma alguma deixar de vir dar Boas Festas a um dos blogs que mais prazer me dá a ler.
Espero que passes um Bom Natal, mesmo sendo da forma como optaste.
Beijo

12/23/2005 6:52 da tarde  
Blogger Giorgia said...

Votos de um Natal muito feliz e o que te desejo!

beijokas

12/24/2005 4:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Também me parece bem. Vou imprimir o teu post e afixar na porta de entrada.
Dia 27 e 28 - LolaViola encontra-se em parte incerta.
Beijos :-)
LolaViola

12/25/2005 9:29 da manhã  
Blogger Vivian said...

É que tens toda a razão! Entre sábado de manhã e ontem á noite as mulheres não páram! Põe a mesa -tira a mesa-lava a loiça...

12/26/2005 9:50 da manhã  
Blogger Sónia Rocha said...

Se hoje pudesse ser Natal para mim, eu não hesitaria em dormir todo o sono a que tenho direito, mas que não consigo pôr em dia... De prenda, agradeceria um dia inteirinho num SPA com direito a todos os tratamentos relaxantes que existem e que eu mereço!

Beijinhos, foi bonito de ler!
Assim memo. Tu é que és um Homem!

12/27/2005 5:08 da tarde  
Blogger Carlos said...

Breal
Natal é quando um homem ou mulher quiserem, parece-me mais correcto.Obrigado pelos teus votos e acredita que faço o possível para que seja todos os dias.

Anani
Foi o que me pareceu e por isso o disse.
Um Beijo

Sol
Espero que estejas a ter o teu descanso mental.
Beijo

Manefta
Ora benhe,
Um Feliz Natal para ti, antes e depois de 25.
Beijo

Amanda
Deus te ouça e o Pai Natal também.
Beijos

Borboleta Assanhada
Eu não só ajudo como faço tudo.É a minha mania das grandezas.
Beijo

Lua
Também gosto muito de ir ao teu.
Feliz Natal.
Beijo

Giorgia
E para ti em dobro do que me desejas.
Beijo

Lolaviola
Avisa quando voltares.
Beijo

Marta
Fica aqui um beijo solidário.
Beijo

Tottasonia
Aproveita o spa e relaxa.Obrigado.
Beijo

12/28/2005 2:38 da tarde  
Blogger Papoila_Rubra said...

Carlos, obrigada pela lucidez. Apenas te visitei hoje e por isso só hoje li a tua opinião.

O maior inimigo de muitas mulheres continua a ser elas próprias e infelizmente muitas continuam a não enxergar.

CEGO É MESMO AQUELE QUE NÃO QUER VER

Estas festividades doidas e gastronomicamente exageradas foram mesmo inventadas para encher as mulheres de trabalho até à medula óssea...

Tapa-se o sol com a peneira...em nome das sagradas tradições....

Apreciei muito a tua opinião e a coragem de a tornares pública.

Beijos

1/03/2006 11:43 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home